27 Aug 2008

.. e mais férias

Agora é tempo de férias com o Pai e a princesa lá parte, malas aviadas, o livro que está a ler, e nos braços a saudade que o abraço apertado vai minorar.
A mala está pronta, os medicamentos no caso de necessários, verificados pela terceira vez, sorrio ao lembrar-me que em outros tempos tal verificação passaria pela dezena. Um casaco para as noites mais frescas e as protecções de joelhos e cotovelos para poder, orgulhosa, mostrar ao Pai os recentes feitos nos patins em linha.
Tempo de convívio com outra parte da família está longe em distância .. Vai contente, sorridente e desejosa de chegar. A mãe, workaholic num back to a chaotic office, ;) vai ter de arranjar o que fazer, inventando ou nem por isso, para colmatar a saudade que fica na ausência da mais-que-tudo. Algo difícil esta coisa de famílias divididas .. mesmo que no nosso caso seja tudo tão mais leve pela amizade que nos une. O orgulho da princesa “os meus pais são muito amigos”. E somos de facto. Sem esforço. Sem bolas e pingue pongue à mistura. Sem raivas, azedumes ou piadas daquelas que não me canso de ouvir a casais divorciados. Piadas ditas no propósito de serem reproduzidas do lado de lá, raivas e ironias desnecessárias e próprias de quem não terminou bem aquilo que se propôs terminar e faz questão de o deixar expresso nas cabeças da prole. Quando converso sobre estes assuntos dou-me quase sempre conta que o problema destes “casais” é só um: não conseguirem, talvez por não se esforçarem, colocar os interesses da criança acima dos seus próprios interesses. E não se responsabilizarem. Afinal a escolha do parceiro com o qual quiseram ter filhos, é unicamente sua. De mais ninguém.

Boas férias Princess * Boas Férias Papá *