18 Mar 2009

readings (xiv)

"Não será a própria arte uma espécie de visto de residência, temporária entre mundos políticos, geográficos e temporais, supostamente distintos?" David Soares in NContrast

Numa altura em que tudo tem de ser definido e quase cientificamente provado para ser válido, em que o caminho que abrimos à criatividade e à emoção é demasiado estreito .. arriscaria responder que sim. Infelizmente, sim. Ainda que em minha opinião se pretendesse livre de amarras e fronteiras, pura na visualização do seu autor, intemporal e acessível.


fotografia Rotimi Fani-Kayode
site da revista www.ncontrastcp.com