26 Mar 2009

.. time!

Chega a princesa a casa com uns papeis na mão e um mummy preciso da tua autorização, se concordares .. lembrei-me imediatamente do O Pai autoriza? perguntado em reverência e olhos quase no chão a fazer figas atrás das costas, ainda que normalmente a resposta fosse não, e sorrio da sintonia e da distância a que me obriguei na educação que lhe dou.
O tratamento é mais leve, a reverência está lá à mesma no se e sabe que se o se se converter num franzir de sobrolho tem poucas hipóteses de levar a água ao seu moinho, ainda que, e ao contrário do antigamente, lhe seja dada uma explicação. Não argumentativa como vejo por vezes ao meu redor em que a criançada esperta satura pelo cansaço, mas explicativa. Com tempo e com calma. Para que entenda ainda que possa, está no seu direito, não concordar.
E lá estou eu a sair de Lisboa para o Algarve passando pelo Porto ;)

Os papeis eram da biblioteca da Escola e a autorização que teria de dar permite-lhe ser Monitora.
Desde a passada 2ª feira, a menina ginasta bailarina, excelente aluna, pré adolescente, estudante, amazona e last but not least filha de uma mãe (isto soa assim assim) insuportavelmente orgulhosa (uff .. safei-me) passa a bibliotecária duas vezes por semana, com direito a estante que tem de manter em rigoroso registo alfabético. Mum, tive imensa sorte com a estante .. já li a maioria e posso falar dos livros a quem os vier procurar.
Olha que sorte ..! para eles ;)

Eu?
Dei autorização, claro. Sorrindo e pensando como será que tem tempo para tanto e lembrando-me do tanto que eu tinha tempo para tanto na idade dela. E depois.