29 May 2009

Perfect .. present perfect

Mummy, queria acabar assim os dias, todos os dias da semana, diz-me a minha mais que tudo, abraçando-me a cintura, menina crescida de perfil rectilíneo, passo cadenciado ao meu lado. Olho-a de soslaio, quanto cresceu Céus? Faço-lhe cócegas, foge rindo à gargalhada, a bola a bater no chão, apanhada no ar, mummy vê é assim que fazemos na rítmica, estica o braço, perna em bandeira, e os senhores da esplanada a sorrir e eu anda, anda! ;) O rio espelha um por-de-sol lindo, tons de laranja que se sobrepõem numa dança de luz, barcos pequenos de grandes velas brancas deslizam nas águas cálidas que se sentem mornas, apetece um mergulho, boné na cabeça, óculos escuros e um gelado que teimoso escorre antes de o conseguirmos comer.
Vamos jogar? E atira-me a bola antes da resposta, gelado em equilíbrio entre gargalhadas e ar que se finge zangado, ela não esconde o gozo, menina matreira, corre ligeira para ajudar, desculpa, desculpa enquanto abafa a risada.
Fim de dia ao ar livre, horários que se fintam e ignoram, gelados lambuzados, gargalhadas que ecoam, sorrisos que se provocam.

Sim querida .. tens tanta razão!
Devia ser obrigatório terminar assim os dias. todos os dias.

Que o vosso fim-de-semana seja .. luminoso*