23 Jul 2009

checkmate

.. even chess masters might be killed by the chessboard
How?
As they just forget the reality.
You’re 11 for God Sake! What’s your reality?
.. I need to save them all.


O diálogo pertence ao filme Entrusted que Portugal traduziu para Códigos Secretos, título que por si só não me levaria a vê-lo. A criança de 11 anos (Thomas Sangster) é dotada de uma memória prodigiosa, muita imaginação e uma maturidade exagerada. Um exímio jogador de xadrez, filho de Maria Von Gall, uma mulher com uma inteligência acima de qualquer média que ludibriando a intensa vigilância Nazi (estou a ser simpática, eu sei) e gerindo uma pequena (grande) fortuna depositada num Banco em Genebra, ajuda milhares de judeus a tentar fugir àquilo que foi, sobejamente conhecido, um verdadeiro inferno que o mundo autorizou que uma só nação perpetuasse (esta interpretação é minha e também aqui estou a ser simpática).
Maria morre numa emboscada ao salvar o filho das mãos dos nazis, o pai da criança sabe da sua existência dias antes, a fuga até à Suíça, a forma como os códigos das contas foram decorados pelo miúdo, as barbaridades cometidas por pessoas de uniformes e cruzes suásticas ao peito ..
..não me vou alongar no enredo. Nem no final para o caso de o quererem ver (o filme é de 2003), até porque o que me interessa com este postal é mesmo o diálogo que reproduzi ao inicio.

I need to save them all.

Para que o mundo não esqueça, não reproduza, não desdramatize, não invente.