22 Jul 2009

intimism (xlvi)

Havia ainda uns peluches antigos e novos em cima da cama que deram lugar a duas almofadas a condizer com a colcha laranja e o tapete azul forte.
O cortinado que tapava a grande janela de onde se vislumbram árvores carregadas de folhas verde-claro, onde a passarada pernoita acordando-a no chilreio às 6 da madrugada, foi substituído por uma sede fina, algo eclética, de forro opaco, estilizada.
Na prateleira das colecções de livros (a estante é para os outros), as gémeas no colégio de Santa Clara deram lugar à Casa do Vento, os livros grossos e pesados da Disney foram arrumados numa caixa e molduras com fotografias dos primos, do irmão, das amigas e da égua, a Garrana, tiveram direito a lugar de destaque - Assim mesmo, nesta ordem.
Os posters da Hannah Montana, disfarçadamente colados na parte interior das portas do roupeiro, foram retirados e em seu lugar um grande poster de cavalos selvagens ocupa uma e .. os Jonas’ Brothers e a Kate Perry partilham a outra. Engraçados os miúdos.
Os ténis só se usam quando há actividade que o justifique, chinelos com missangas e as fly de salto de cunha ocupam as preferências, acompanhados de calções de ganga, t-shirts justas, cabelo apanhado em ponytail ou em trança e um ligeiro gloss sem cor. Gloss? Isso é gloss princesa? E fica-me bem mummy? .. fica. Fica lindamente menina crescida (suspiro).
As mochilas andam num só ombro, os óculos escuros deixaram de ficar em casa, há uma preocupação diferente no ar e uns iogurtes sem pedaços no frigorífico que isso é comida de quando eu era pequena, mummy.

Alguém me explica o que se está a passar?
(Escusam .. é retórica mesmo) ;)