9 Dec 2009


Um ano novinho em folha .. a estrear.
Um ano com dias por preencher, lugares vagos em agendas imaculadas, sem notas nem apontamentos.
Um ano novo, e ainda por cima par, tudo novo. De aproveitar.
Como se “começar de novo” tivesse ainda algum sentido.
Dou por mim a recordar o primeiro banho do ano, numa altura em que se cumpriam tradições porque sabia bem fazê-lo.
Lembro-me do mais corajoso, o velho Tio, que não obstante a temperatura para lá de mínima, entrava na gélida água de um furioso mar dia 01 de Janeiro cumprindo um ritual com direito a duas semanas de cama logo a seguir.
Recordo ainda a peça de roupa azul, feita em casa normalmente, que todos estreávamos num acreditar que teríamos assim boa sorte, paz e saúde.
Recordo as passas que se engoliam, o salto para cima da cadeira, os votos e desejos em que se acreditava, com toda a força acreditava-se que assim se cumpririam.
A brand new year .. de cada vez que se inicia um novo ano tenho esta sensação, qualquer coisa de novo, de particularmente bonito, que me é acessível, como não preenchê-lo sendo feliz ? ;)