12 Feb 2010

_

Não tenho nada contra o dia dos namorados logo eu que sempre namorei muito. E que adoro namorar. Acho aliás que o termo namoradeira sem o prejuízo da quantidade se me aplica. Não tenho nada contra os corações felpudos e as almofadas com promessas de amor eterno que vejo nas montras, os cartões lamechas e os votos de felicidade eterna com o meu nome a dourado, prateado, azul e rosa, assim mesmo, à vez.
Não tenho nada contra as ofertas de prenda ideal, os ramos de rosas vermelhas, rosa e champagne, os convites para dançar, jantar, pernoitar. Não tenho nada contra as centenas de mensagens que recebo por email nas últimas duas semanas com soluções miraculosas para salvar o meu relacionamento, ou apimentar o meu relacionamento, ou até iniciar um outro relacionamento. Não tenho nada contra os ursinhos de pelúcia com a lágrima ao canto do olho e o arzinho triste de amor abandonado. A sério que não. Se tivesse diria.
_
Mas esta manhã ao chegar ao meu carro tinha um coração vermelho de vinil colado no vidro da porta e se apanho o pretendente a namorado que teve a feliz ideia de assim me surpreender colo-lho nas sobrancelhas aos pedacinhos com requintes de malvadez. Juro que colo!
;)
_
Tenham um loving week-end .. no espírito da coisa .. ou não :)
_